terça-feira, 30 de novembro de 2010

POEMA

 ESPERANÇA

"Não digamos 'não', nem 'nunca mais'.
Não digamos 'sempre' ou 'jamais'.
Digamos, simplesmente: 'ainda'! ...

Ainda nos veremos um dia .
Ainda nos encontraremos na estrada da vida .
Ainda encontraremos a pousada,
o afecto almejado, a guarida .

Ainda haverá tempo de amar,
sem medo, totalmente... infinitamente ...
sem ter medo de pedir,
de implorar, ou chorar ...

Ainda haverá tempo, para ser feliz novamente .
Ainda haverá tristeza,
ainda haverá saudade,
ainda haverá primavera, o sonho, a quimera .

Ainda haverá alegria, apesar das cicatrizes .
Ainda haverá esperança,
porque a vida ainda é criança ...
e amanhã será outro dia !... "

(autor desconhecido)


segunda-feira, 29 de novembro de 2010

PENSAMENTO

A crença de que a juventude é a época mais feliz da vida é baseada numa falácia.
A pessoa mais feliz é aquela que tem pensamentos mais interessantes.
Assim, podemos tornarmo-nos mais felizes à medida que nos vamos tornando mais velhos.
(Montesquieu)

LÁGRIMA DE PRETA

LÁGRIMA DE PRETA

Encontrei uma preta
que estava a chorar,
pedi-lhe uma lágrima
para a analisar.

Recolhi a lágrima
com todo o cuidado
num tubo de ensaio
bem esterilizado.

Olhei-a de um lado,
do outro e de frente:
tinha um ar de gota
muito transparente.

Mandei vir os ácidos,
as bases e os sais,
as drogas usadas
em casos que tais.

Ensaiei a frio,
experimentei ao lume,
de todas as vezes
deu-me o que é costume:

nem sinais de negro,
nem vestígios de ódio.
Água (quase tudo)
e cloreto de sódio.
(Poema de: António Gedeão)

QUINTA DOS POETAS


Numa das freguesias do concelho de Olhão (Pechão), situa-se a bonita e agradável unidade hoteleira: QUINTA DOS POETAS.
Localizada na zona do barrocal algarvio, no meio de amendoeiras, alfarrobeiras e oliveiras, este hotel rural é uma pequena pérola, digna de ser visitada.
Com uma localização priveligiada no eixo central do Algarve, entre as cidades de Faro, Olhão e Loulé, é o espaço ideal para descansar, reunir com os amigos, passar uma horas a admirar a magnifica e tranquila paisagem, enfim para pôr as idéias em ordem, quando necessário...

No período de verão, todo o espaço exterior com belos jardins, é bastante agradável para conviver ao ar livre.
Durante o inverno, a lenha a crepitar na lareira confere às zonas interiores de lazer, um conforto extraordinário....
O restaurante serve comida típica de Olhão, sobretudo à base de deliciosos marisco e peixe.
Recomenda-se vivamente...

sábado, 27 de novembro de 2010

MONTEJUNTO

Foi no dia 26 de Novembro de 2010 que, pela primeira vez, visitei a serra de Montejunto.
O frio era muito, o vento fustigava-nos com severidade, mas valeu a pena...
Visitou-se o convento dos Dominicanos, depois o Centro de Interpretação Ambiental e finalmente a Real Fábrica do Gelo e o Forno de Cal.
Constata-se que a Real Fábrica do Gelo foi objecto de um óptimo trabalho de recuperação.
Quer o IPPAR quer a Câmara Municipal do Cadaval estão de parabéns.
É na verdade um local que merece ser visitado.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

RIA FORMOSA

ria formosa - 60 Kms de extensão
A Ria Formosa venceu na categoria "Zonas marinhas"

A Ria é um território ecológico, desde 1987 protegido pelo estatuto de
Parque Natural, que se estende por 60 quilómetros, da praia do Ancão até Cacela Velha, ao longo da costa do Sotavento algarvio.

É um sistema lagunar enquadrado por duas penínsulas (Faro e Cacela) e cinco ilhas-barreira (Barreta, Farol, Armona, Tavira e Cabanas), que servem de protecção a um labirinto de sapais, canais e ilhotes e que são fundamentais para a defesa natural das zonas ribeirinhas da Ria Formosa.

Este é um ecossistema generoso. Para os que o querem apreciar e conhecer-lhe os segredos de todas as espécies que lá habitam - como o caimão-comum, uma espécie rara que em Portugal existe exclusivamente nesta região -, mas também para os que lá vivem e da Ria retiram o seu sustento, através da apanha de peixes, moluscos e crustáceos, e ainda da exploração do sal.

A zona está ameaçada pela constante subida das águas do mar, pelo assoreamento da Ria, pela construção desordenada e pelos picos sazonais do turismo.

É, das recém-eleitas Sete Maravilhas Naturais de Portugal, a que mais urgentemente precisa de cuidados.

GOVERNANTES

O GOVERNANTE ANTES DA POSSE


Nosso partido cumpre o que promete.
Só os tolos podem crer que
não lutaremos contra a corrupção.
Porque, se há algo certo para nós, é que
a honestidade e a transparência são fundamentais.
para alcançar nossos ideais
Mostraremos que é grande estupidez crer que
as máfias continuarão no governo, como sempre.
Asseguramos sem dúvida que
a justiça social será o alvo de nossa ação.
Apesar disso, há idiotas que imaginam que
se possa governar com as manchas da velha política.
Quando assumirmos o poder, faremos tudo para que
se termine com os marajás e as negociatas.
Não permitiremos de nenhum modo que
nossas crianças morram de fome.
Cumpriremos nossos propósitos mesmo que
os recursos económicos do país se esgotem.
Exerceremos o poder até que
Compreendam que
Somos a nova política.

DEPOIS DA POSSE:
Basta ler o texto, DE BAIXO PARA CIMA….