quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Ainda no Alto Minho...



Continuando a percorrer o Alto Minho, mais concretamente na Freguesia de Agualonga, concelho de Paredes de Coura, encontramos alguns exemplares de património edificado, dos quais se destacam, a Igreja Paroquial barroca com interior rico em talha dourada e a Casa do Outeiro, uma construção seiscentista, que pertenceu aos Viscondes de Peso de Melgaço e que foi deixada em herança ao município de Paredes de Coura, na década de 80, pela Viscondessa, Francisca Rosa d'Antas Bacelar e Barbosa.

É na verdade uma imponente construção que se encontra completamente degradada, o que é uma pena...
Uma parte do recheio da casa está no Museu Regional e no Arquivo Municipal, mas do restante que por lá ficou sabe-se que, na sequência de vários assaltos, tudo, ou quase tudo, foi "levado".

É no entanto interessante saber que há intenção de recuperar este belo edifício e que ao longo dos últimos anos já foram indicados vários destinos para a sua utilização, entre outros, um polo de Ensino Superior, do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, ou da Universidade do Minho, contudo até à data parece que nada ainda foi feito e o imóvel ali permanece, com o seu ar grave e austero, a aguardar...

Sem comentários:

Publicar um comentário