domingo, 28 de janeiro de 2018

De Vilar de Mouros para Caminha...

Um percurso não muito longo, apenas cerca de 7 quilómeros, mas repleto de bonitas edificações religiosas e outros monumentos de grande interesse e com paisagens maravilhosas que obrigam a algumas paragens...
Desde logo, na freguesia de Seixas (à qual foi concedido foral por El-Rei D.Afonso III, em 1262), para visitar e fotografar a sua belíssima Igreja Paroquial...!!!









Depois..., prosseguindo até Caminha para visitar uma Vila histórica, que durante muito tempo foi um importante ponto de defesa militar contra as investidas espanholas e francesas...
Caminha chegou a ser palco de grandes lutas e conflitos, tendo mesmo sido atacada pelas tropas do Marechal Soult, durante a segunda invasão francesa...

Localizada na foz do Rio Minho, é uma Vila de ruas que "respiram" história, com casas brasonadas que denotam a importância política e comercial destas paragens. O seu porto foi de grande importância para esta região, até meados do século XVI, mas hoje serve apenas para a ligação a Espanha, por Ferry...
Durante a visita à Vila, é obrigatório explorar o centro histórico muralhado caminhando pelas ruelas pitorescas, para observar cada canto e recanto...




No Largo do Terreiro ou na Rua Direita, impõe-se uma paragem para entrar numa pastelaria e experimentar os doces típicos da região, especialmente "as telhas"... (eu tentei provar "a telha", mas perdi-a, não sei como...!!! Será certamente um bom motivo para voltar...)



Ainda no Largo do Terreiro, prende a nossa atenção um Chafariz renascentista, Monumento Nacional, edificado em meados do século XVI.


Impõe-se igualmente uma visita as Igrejas Matriz e da Misericórdia. A primeira, cuja construção teve início em 1428, está inserida na cerca medieval e representa a fé e a tenacidade dos caminhenses. A segunda, trata-se de uma igreja renascentista erigida no século XVI.








Outro Monumento Nacional que é preciso referir, é a Torre do Relógio, que data do século XII e faz parte das muralhas medievais de Caminha...




Mas muito ficou ainda por explorar...!!!



Sem comentários:

Publicar um comentário