segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Um poeta algarvio deixou-nos hoje...!!!

ANTÓNIO RAMOS ROSA

Natural de Faro, considerado uma das maiores figuras da poesia portuguesa do Século XX, partiu hoje, dia 23 de Setembro de 2013, aos 88 anos de idade...!!!


Não posso adiar o amor para outro século
não posso
ainda que o grito sufoque na garganta
ainda que o ódio estale e crepite e arda
sob as montanhas cinzentas
e montanhas cinzentas

Não posso adiar este braço
que é uma arma de dois gumes amor e ódio

Não posso adiar
ainda que a noite pese séculos sobre as costas
e a aurora indecisa demore
não posso adiar para outro século a minha vida
nem o meu amor
nem o meu grito de libertação

Não posso adiar o coração.

(António Ramos Rosa)

5 comentários:

  1. Efectivamente esta grande figura da poesia portuguesa viverá na sua imensa obra...!!!

    ResponderEliminar
  2. Que poema bonito....Boa escolha.
    Algarve....é um 'alfobre'....de poetas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Andrade...
      Continuação de uma boa semana...!!!

      Eliminar
  3. E la se foi mais um poeta. Ficamos com a sua obra para o recordar.
    Joaquim Cosme

    ResponderEliminar