segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

E nós? Que vamos dar a Jesus?


(Presépio na Basílica do Convento de Mafra)

NATAL

Natal. Nasceu Jesus. O boi e a ovelha
deram-lhe o seu alento, o seu calor.
De palha, o berço, mas também de Amor.
Desce luz, desce paz de cada telha.

Nem um carvão aceso nem centelha
de lume vivo. A dor era só dor,
até que a mão trigueira de um pastor
floriu em pão, em leite, em mel de abelha.

Natal. Nasceu Jesus. Dias de festa.
Até o cardo é hoje rosa, giesta,
até a cinza arde, como brasa.

E nós? Que vamos dar a Jesus?
Vamos erguer tão alto a sua Cruz
que não lhe pese mais que flor ou asa.

(Fernanda de Castro)

4 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigada Andrade.
      Feliz Natal para si e para a Mara.
      Boas Festas

      Eliminar
  2. Faço minhas as palavras do amigo Andrade.
    Feliz Natal.
    Boas Festas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Leandro.
      Feliz Natal para si também.
      Boas Festas!

      Eliminar