domingo, 30 de dezembro de 2012

O Sonho Comanda a Vida...!!!!


Sempre se diz que o sonho comanda a vida....!!!!

E é verdade…!!!

Aquilo que na realidade não se alcança, ou pelo menos em dada altura julgamos não conseguir……, mesmo assim, é sempre possível lá chegar através do sonho….!!!

Desde banalíssimos a monumentais projectos…, não importa o que seja e tenha a dimensão que tiver…. (pode ser até difícil ou impossível concretizá-los)…, mas sonhando…, conseguiremos “sempre” chegar aos nossos propósitos….!!!

E depois…, às vezes no meio de tantos sonhos…, há sempre algum ou alguns que se vão tornando realidade…..!!!
E quando assim é …”É UMA FESTA” …, mesmo quando esses sonhos, mais não são do que migalhas….!!!

Mas isso pouco ou nada importa…., pois já muitas vezes ouvi dizer que:

“migalhas são pão”

E é verdade…, é preciso aproveitá-las…!!!

Hoje, dia 30 de Dezembro, estamos prestes a despedirmo-nos do ano velho….

Não vale a pena pensar no que de mau aconteceu e nos sonhos que não conseguimos realizar…!!!

Vale a pena, SIM, apostar tudo no Novo Ano…, com fé e com esperança….!!!!

A este propósito, achei interessante este pequeno excerto do livro “DIÁRIO DA TUA AUSÊNCIA” de Margarida Rebelo Pinto, que a seguir transcrevo:

“É mais fácil esperar do que desistir.
É mais fácil desejar do que esquecer.
É mais fácil sonhar do que perder.
E para quem vive a sonhar, é muito mais fácil viver.”


Para todos, FELIZ ANO NOVO, com muitos sonhos…!!!!!!


sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Ano de 2013....

"Passeando" pelo Facebook encontrei há instantes uma foto partilhada por uma amiga, que diz o seguinte:



Ora bem....!!! 
Aí está o que todos nós desejamos:

Que 2013 seja o melhor ano das nossas vidas...!!!

Oxalá...!!!

Pela parte que me toca, como eu gostaría que assim fosse....!!! 

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Dia 25 de Dezembro....



É mais um Natal que chega e parte....!!!

É mais um ano que está prestes a terminar e outro prestes a chegar....!!!

E qual é o balanço???

Houve de tudo: 
coisas muito boas e menos boas também 
outras muito más 
e outras ainda, péssimas...., mesmo....!!!

Neste dia parece que se pára para pensar, para fazer avaliações, retroespectivas, exames de consciência...e sei lá que mais..... e a conclusão é quase sempre a mesma:

"Esquecer tudo o que foi mau e reter apenas o que de bom aconteceu..." 
É a única forma de nos sentirmos bem e com vontade de prosseguimos, tentanto concretizar os nossos sonhos...!!!
Sim..., porque sonhar faz bem e é absolutamente necessário..., não nos podemos esquecer disso....!!!!

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

CHORAR...., MAS DE ALEGRIA...!!!


Diz-se que chorar faz bem…, que alivia os estados de alma…., sobretudo quando as lágrimas provêm da dor…!!!

De facto, na grande maioria das vezes, são as situações dolorosas que deixam os olhos rasos de água…., o que significa que o coração está a transbordar de sofrimento….!!!

Mas nem sempre assim é…., às vezes…, as lágrimas são de emoção…, alegria…, felicidade… e são tão intensas e incontroláveis quanto aquelas que provêm da tristeza e da dor ….!!!

São os diferentes momentos da vida que determinam os diferentes estados de alma e obviamente que as lágrimas (que em qualquer circunstância não deixam de o ser), tanto demonstram uma enorme angústia como uma alegria avassaladora….!!!!

Há momentos inesquecíveis que nos fazem sorrir…
Outros, também inesquecíveis, que nos fazem chorar…
Mas ainda há aqueles que, de tão importantes e especiais, têm o poder de nos fazer chorar….., mas de alegria….!!!!!

Nesta véspera de Natal, a todos desejo um dia repleto de alegria, se possível sem lágrimas, mas…, se porventura as houver, que não sejam de amargura mas sim de enorme felicidade…!!!!


domingo, 23 de dezembro de 2012

Tomara.......!!!




TOMARA....

Que a tristeza te convença
Que a saudade não compensa
E que a ausência não dá paz
E o verdadeiro amor de quem se ama
Tece a mesma antiga trama
Que não se desfaz


E a coisa mais divina
Que há no mundo
É viver cada segundo
Como nunca mais...

(Vinicius de Moraes)






sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Mais um presépio em Torres Vedras....



Passeando por Torres Vedras descobri mais um presépio, daqueles que me fazem lembrar os que eu construía há mais de 50 anos.....!!!!

E como dava trabalho ir pelos campos à procura do musgo, de pequenos arbustos, barro para os caminhos, rochas para as montanhas, pequenos calhaus para o leito dos rios..., enfim..., era uma imensidade de pormenores que eu fazia questão de cumprir a rigor.....!!!!

Durante vários dias não pensava noutra coisa....e quando finalmente ficava pronto..., era grande a satisfação e ao mesmo tempo sentia um orgulho imenso por ter conseguido projectar e concretizar aquela "obra".....!!!!

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

"JULIÃO SAMBU"....



Julião Sambú é um menino guineense, residente em Canchung (antiga Vila Teixeira Pinto), que, como muitos outros daquela cidade e de outras em toda a Guiné, tem a sorte de receber ajuda de uma das Missões Franciscanas que exercem a sua acção na região de Bissau.

A Missão em apreço desenvolve um trabalho primoroso, quer ao nível da saúde, quer do ensino e para tanto, conta com a ajuda de todos os que se disponibilizam para apadrinhar crianças que frequentam, quer o Jardim de Infância, quer o 1º ciclo….

Quando me falaram neste tipo de ajuda, de imediato aderi e estou muito orgulhosa por ter decidido ser a Madrinha do Julião Sambú…..

Como se vê pela foto, é um menino encantador, com um sorriso lindo, e que parece viver feliz….!!!

Hoje recebi do Julião Sambú pequenas e simples lembranças que me sensibilizaram:


Um pequeno saco com cajú, uma bolsa de tecido com um padrão africano e alguns “escritos” que transmitem mensagens de Paz, Esperança e Alegria…. para este Natal e para o novo ano….!!!!

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

"NATAIS"....!!!


Longe vão os tempos em que os Natais eram épocas de grande alegria….!!!! Por variadíssimas razões:

Porque a infância e adolescência eram tempos descontraídos, em que a vida parecia sorrir-nos “sempre”…!!!

Porque à mesa, na consoada, estavam sempre “todos” (naquele tempo, para nós, para as nossas cabecitas, não faltava ninguém…, os mais chegados, os mais queridos, marcavam sempre a sua presença…!!!)

Porque o “Menino Jesus” era generoso e encantava-nos (pelo menos todos nós assim achávamos, mesmo quando as suas prendinhas, que faziam as nossas delícias, não eram mais do que meia dúzia de bom bons e pequenos pais natal ou sombrinhas de chocolate…!!!)

Enfim, por mil e uma razões, tudo nos era favorável, ou pelo menos assim nos parecia e efectivamente era assim que sentíamos….!!!!


No entanto…., mudaram-se os tempos e as vontades também…. e hoje, para muitos de nós, senão mesmo para a grande maioria, a vida já não nos sorri como outrora;

À mesa da consoada, apesar de agora povoada por outros que nos dão muita alegria, faltam todos ou quase todos os que dantes ali estavam, sempre…

Deixámos de sentir a generosidade do Menino Jesus e o encantamento “passou”, apesar de hoje em dia surgirem debaixo da árvore de Natal muitos e belos embrulhos coloridos que normalmente contêm prendas de valor significativo….!!! Mas não é a mesma coisa…..

E pouco ou quase nada se nos apresenta “favorável”….!!! O contexto é outro…, a vida mudou….!!!!

Contudo e pese embora o facto de os “Natais” continuarem a ser épocas que “apelam” à reunião, à confraternização, ao querer estar junto da família, dos amigos, à enorme vontade de agradar a toda a gente…, o Natal é sentido de uma forma bem diferente…!!!

É uma época em que os sentimentos se incendeiam, às vezes de uma tal maneira que parecem incendiar-nos a alma e de alma incendiada nem sempre é fácil “gerir” os anseios e os desejos de realizar tudo aquilo que, à partida, é certo e sabido nunca iremos conseguir……, sim porque, por muitas “cartinhas” que possamos escrever ao Menino Jesus a pedir que realize os nossos sonhos, esses nossos pedidos não serão infelizmente atendidos, o que causa enorme desconforto e frustração….!!!


E qual é a solução? 
Nenhuma, a não ser fazer de conta que se está na mesma “onda” dos demais, quando se tem consciência de que a “onda” é outra…., o que não é nada fácil….!!!

Quando assim é…., “anda-se por ver andar”, “faz-se por ver fazer”, “compra-se por ver comprar”, “diz-se por ouvir dizer”…. e assim sucessivamente….. E acabamos por não ser aquilo que efectivamente somos e sentimos, mas sim aquilo  que os outros,  à nossa volta, são e sentem….!!!

Por isso, não é por acaso que tantas vezes ouvimos dizer:

“Que bom se adormecesse durante todo o período das festas natalícias e só acordasse depois do ano novo…….”

Tal é a vontade de não “ter de” viver todos esses momentos que supostamente deveriam ser de alegria e felicidade e só acordar quando toda a euforia do Natal já tivesse passado….!!!

Mas…., com vontade ou sem ela, cá vamos “cantando e rindo”, fazendo de conta que sentimos o que os outros sentem, tentando não lembrar os motivos que eventualmente podem retirar essa “vontade” de celebrar o Natal e fazendo o que afinal toda a gente faz:

- O presépio e/ou árvore de Natal;
- Pensar nas prendas para os mais novos;
- A ementa para os dias festivos e providenciar as compras respectivas, etc. etc. etc.….

Enfim…., uma “encenação” quase perfeita…..!!!!

Mesmo assim, para todos: UM FELIZ NATAL, com muita saúde….


segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

E nós? Que vamos dar a Jesus?


(Presépio na Basílica do Convento de Mafra)

NATAL

Natal. Nasceu Jesus. O boi e a ovelha
deram-lhe o seu alento, o seu calor.
De palha, o berço, mas também de Amor.
Desce luz, desce paz de cada telha.

Nem um carvão aceso nem centelha
de lume vivo. A dor era só dor,
até que a mão trigueira de um pastor
floriu em pão, em leite, em mel de abelha.

Natal. Nasceu Jesus. Dias de festa.
Até o cardo é hoje rosa, giesta,
até a cinza arde, como brasa.

E nós? Que vamos dar a Jesus?
Vamos erguer tão alto a sua Cruz
que não lhe pese mais que flor ou asa.

(Fernanda de Castro)

domingo, 16 de dezembro de 2012

Palácio Nacional de Mafra....



Mandado construir por D. João V, na primeira metade do Século XVIII, é um dos mais importantes monumentos do Barroco em Portugal.

A sua fachada de 220 metros apresenta alguma influência da arquitectura italiana.

Nas suas torres possui dois carrilhões fabricados na Antuérpia, constituídos por 92 sinos com 200 toneladas…


No seu interior contam-se 1200 divisões (300 salas e 900 quartos), uma importante biblioteca com 88 metros de comprimento, 9,5 metros de largura e 13 metros de altura, onde se encontram mais de 36.000 volumes encadernados a couro e gravados a ouro.



A sua monumental Basílica possui 6 orgãos do início do Século XIX e é toda ela forrada a mármore.......



Mesmo depois de inúmeras visitas, em diferentes épocas da nossa vida, nunca é demais voltar ao Palácio Nacional de Mafra, pois há sempre alguma coisa que não foi apreciada devidamente nas vezes anteriores ou pelo menos, o nosso olhar sobre os objectos, o espaço, os acontecimentos, foi diferente, nos diferentes momentos em que os apreciámos.....!!!

Por isso, voltei a efectuar esta visita (talvez pela vigésima vez....), ontem, dia 15 de Dezembro de 2012, desta feita integrada num grupo de alunos da Universidade Sénior de Torres Vedras, numa visita de estudo organizada pela Drª Rita Sarreira, professora de História.

E como era esperado, foi na verdade uma visita diferente....!!!!

"Fomos recebidos" e "acompanhados" pelo Mestre de Cerimónias (da época de D. João V), pela irmã do referido rei (Dona Francisca Josefa de Bragança) e por uma serviçal....!!!!








sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Santuário do Senhor Jesus da Pedra.....



Muito perto de Óbidos, num cenário completamente rural, podemos encontrar o Santuário do Senhor Jesus da Pedra.


Trata-se de um imponente edifício barroco, cuja construção teve início no ano de 1740, tendo sido inaugurado em 1747.


Esta construção foi concebida com base nas figuras geométricas   (hexágono e círculo), no interior e exterior, respectivamente, o que o torna um imóvel de rara beleza... 


A sua denominação (SENHOR JESUS DA PEDRA) está relacionada com o facto de ali existir uma cruz de pedra (cuja data se desconhece), na qual se encontra esculpida a figura de Cristo.....


Esta imagem recebia, outrora, as atenções mais devotas para protecção das colheitas, de doenças e até de salvamentos no mar, sendo de referir que o rei D. João V era também um grande devoto do Senhor Jesus da Pedra.



Vale a pena ir até lá para visitar esta preciosidade.....!!!!




quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Vila do Conde (de novo.......)


Na sequência de uma visita efectuada, há já algum tempo, à "formosa" Vila do Conde (visita essa que já foi aqui objecto de pelo menos duas postagens com algumas fotos), venho agora relembrar essa visita, pondo a tónica no facto de, a esta bela cidade, estarem ligados grandes nomes da literatura portuguesa....!!!

Na verdade há nomes que são uma referência para esta cidade, quer por ali terem nascido, quer simplesmente por terem escolhido aquele local para passarem alguns anos da sua vida.....

E desses grandes nomes, faço aqui uma referência ao escritor José Régio, que dominava com mestria vários géneros literários....!!!

José Régio nasceu em Vila do Conde, em 17 de Setembro de 1901 e, muito embora tenha passado uma parte significativa da sua vida noutra zona do país, foi ali que veio a falecer a 22 de Dezembro de 1967.

Como grande coleccionador que era de arte sacra, a casa onde viveu é hoje um museu onde podem ser apreciadas belas peças da sua colecção.....



Da sua vasta obra, este poema dedicado à sua terra natal:


VILA DO CONDE ESPRAIADA


Entre pinhais, rio e mar!
-Lembra-me Vila do Conde,
Já me ponho a suspirar.

Vento Norte, ai vento norte,
Ventinho da beira mar,
Vento de Vila do Conde,
Que é a minha terra Natal!
Nenhum remédio me vale
se me não vens cá buscar,
Vento norte, ai vento norte,
Que em sonhos sinto assoprar...
Bom cheirinho dos pinheiros,
A que não sei outro igual,
Do pinheiral de Mindelo,
Que é um belo pinheiral
Que em Azurara começa
E ao Porto vai acabar...
Se me não vens cá buscar,
Nenhum remédio me vale
Nenhum remédio me vale,
Se te não posso cheirar...

Vila do Conde espraiada
Entre pinhais, rio e mar!
-Lembra-me Vila do Conde,
Mais nada posso lembrar
Bom cheirinho dos pinheiros...
Sei de um que quase te vale:
É o cheiro da maresia,
-Sargaços, névoa e sal-
A que cheira toda a Vila
Nas manhãs de temporal.
Ai mar de Vila do Conde,
Ai mar dos mares, meu  mar!
Se me não vens cá buscar,
Nenhum remédio me vale,
Nenhum remédio me vale,
Nem chega a remediar

Abria de manhãzinha,
As vidraças par em par.
Entrava o mar no meu quarto
Só pelo cheiro do ar.
Ía à praia e via a espuma
Rolando pelo areal,
Espuma verde e amarela
Da noite de temporal!
Empurrada pelo vento,
Que em sonhos ouço ventar,
Ía à praia e via a espuma
Pelo areal a rolar...

Vila do Conde espraiada
entre pinhais, rio e mar.

(José Régio)

C

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Mensagem.....

Não se está triste, doente ou incapacitado porque que se deseja...
Está-se, só porque o "destino" é imperativo...
E quando o destino manda (mesmo que seja mal), outro remédio não há senão seguir os caminhos tantas vezes sinuosos por ele impostos.....!!!

No entanto, olhar para a vida de frente, sem receios e com confiança bastante para ultrapassar os obstáculos, às vezes não é fácil..., chega-se até a pensar que não há estrutura emocional suficiente para tanto...., mas o ser humano é assim mesmo..., tem capacidade e resistência para tudo e mais uns pós...., e é nisso que temos de acreditar....!!!

Neste Natal, façamos por esquecer as coisas más, esforcemo-nos por pensar só e apenas no que nos deixa felizes e tenhamos fé e esperança de que, no Novo Ano, tudo vai certamente ser bem melhor.....!!!

UM SANTO E FELIZ NATAL PARA TODOS


segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

É NATAL....!!!




O Natal nas Palavras de
"EUGÉNIO DE ANDRADE"



É Natal, nunca estive tão só.
Nem sequer neva como nos versos
do Pessoa ou nos bosques
da Nova Inglaterra.
Deixo os olhos correr
entre o fulgor dos cravos
e os diospiros ardendo na sombra.
Quem assim tem o verão
dentro de casa
não devia queixar-se de estar só,
não devia.....


terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Mosteiro de São Martinho de Tibães....




Este grandioso complexo religioso, classificado como Imóvel de Interesse Público, desde 1944, foi fundado no Século XI, e ocupado a partir do Século XII pela Congregação Beneditina….

Quando, em 1834, as Ordens Religiosas foram extintas em Portugal, esta edificação foi vendida em hasta pública e manteve-se na posse de privados até 1986, ano em que o Estado Português o adquiriu, tendo-se iniciado, a partir de então, o difícil processo de recuperação do seu espólio, uma vez que uma parte significativa do mesmo se perdeu, com a venda do imóvel (em 1834).


E foi efectivamente muito o que se perdeu desse valioso espólio que ía desde a pintura, escultura e arte sacra, até uma vasta colecção de livros….!!!!

Há alguns dias, um grupo de alunos da Universidade Sénior de Torres Vedras, deslocou-se a Braga e Guimarães para uma visita de estudo, o que me proporcionou uma visita guiada ao Mosteiro de São Martinho de Tibães….

Durante cerca de 3 horas, apenas foi possível visitar o seu interior, pelo que se impõe uma segunda visita a fim de admirar os vastos e belos jardins deste Mosteiro….


domingo, 2 de dezembro de 2012

Só se nasce uma vez...????

Só se nasce uma vez e só se morre uma vez....!!!!

São na verdade dois fenómenos que não se repetem....

No entanto há certos acontecimentos que nos fazem pensar e até conluir que "afinal" , no que ao nascimento diz respeito, há dias em que nos sentimos como se tivéssemos nascido de novo....!!!!

Sobretudo quando se consegue "escapar" à morte...., ou, para ser mais correcta, quando se consegue adiar esse momento....!!!


sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Dia 30 de Novembro de 1994.....

Foi há 18 anos...!!!!

O céu escureceu 
e o mundo desabou...
Senti que a vida me rasteirava. 
Com dificuldade, mantive-me de pé... 
Pensei que não aguentaria.
Dobraram os sinos...
Julguei que também morria...!!!

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Palácio do Freixo no Outono.....!!!


Uma "taça de Outono”

É muito bom quando temos oportunidade de visitar lugares que nos encantam e regalam a vista e a alma….!!!

É muito bom podermos apreciar belas paisagens e oferecer aos nossos olhos e à nossa mente, momentos de rara beleza, que nos deslumbram e nos proporcionam sossego, paz, tranquilidade….!!!

E são tantos e tantos os lugares onde podemos ter esse prazer….!!!

Às vezes…, tudo está tão perto….,ali…., ao nosso alcance…, é só decidir…, ir… e aproveitar as maravilhas que a natureza tem para oferecer…, sobretudo nesta época do ano em que as cores do Outono atingem a plenitude da sua beleza, misturando os castanhos, amarelos e avermelhados com alguns verdes que ainda persistem….

E desta vez o “espaço” escolhido foi o Palácio do Freixo e a zona que o envolve…..!!!

Este Palácio, construído em meados do Século XVIII, é um belíssimo exemplar do estilo barroco...!!!

Permanecer ali, diante daquela sumptuosa edificação, descobrir cada relevo da sua fachada, cada terraço, cada escultura….., é recuar no tempo e é descobrir um pouco da nossa história….!!!!

Depois, o magnifico cenário onde se insere (num terreno em declive junto ao rio Douro), proporciona-nos uma soberba vista, que a mim, particularmente me encanta….!!!


sexta-feira, 23 de novembro de 2012

GRANJA.....!!!!!



Falar da Praia da Granja é falar de um lugar “mágico”, onde podemos encontrar belíssimos exemplares de arquitectura de veraneio dos princípios do Século XX….

Talvez essa “magia” seja proveniente da paz que ali se disfruta e que nos invade ao admirarmos a beleza dos seus edifícios (uns lindamente restaurados, outros, infelizmente, nem por isso…) e também ao imaginarmos quantas histórias aquelas construções, aqueles jardins, toda aquela paisagem têm para nos contar…..!!!!

Mas o que é verdade é que aqueles chalets antigos e os espaços verdes que os rodeiam, dão àquele lugar uma harmonia muito especial….!!!!!

É uma praia de origem aristocrática, que no passado foi frequentada por poetas e escritores, nomeadamente Eça de Queirós e Ramalho Ortigão.

Também Sophia de Mello Breyner Andresen, desde a sua infância que para ali se deslocava com os pais, em época de veraneio e também a ela, aquele espaço, aquele mar, toda aquela envolvência, a inspiraram para muitos dos seus poemas….!!! E um deles é o que a seguir se transcreve:



“MAR
Mar, metade minha alma é feita de maresia
Pois é pela mesma inquietação e nostalgia,
Que há no vasto clamor da maré cheia,
Que nunca nenhum bem me satisfez.
E é porque as tuas ondas desfeitas pela areia
Mais fortes se levantam outra vez,
Que após cada queda caminho para a vida,
Por uma nova ilusão entontecida.

E se vou dizendo aos astros o meu mal,
É porque também tu revoltado e teatral
Fazes soar a tua dor pelas alturas.
E se antes de tudo odeio e fujo
O que é impuro profano e sujo
É só porque as tuas ondas são puras.”

(Sophia de Mello Breyner Andresen)


Por tudo o que atrás ficou dito, vale a pena ir até lá..., passear por todas aquelas ruas, apreciar, ao pormenor cada canto e recanto, estar na presença daquele mar que nos lança um convite à contemplação.....,e, se nos deixarmos ficar mesmo até ao cair da tarde..., seremos surpreendidos, mesmo em época outonal, por um pôr-do-sol simplesmente maravilhoso....!!!!



quinta-feira, 22 de novembro de 2012

DIA DE ANIVERSÁRIO......!!!!!


O "DIVERSIDADES" faz hoje 2 anos....!!!!


Neste dia de aniversário do “DIVERSIDADES”, quero apresentar os meus agradecimentos a todos quantos, ao longo deste período, têm demonstrado interesse por aquilo que aqui se vai escrevendo….

Nestes dois anos de existência as postagens do “DIVERSIDADES” atingiram cerca de meio milhar, as visitas já ultrapassaram as 106.000 e os comentários são na ordem dos 750.

Quer os que comentam, ou aqueles que simplesmente visitam, uns e outros têm dado um precioso contributo para que não esmoreça a vontade de continuar a escrever….

Para todos, o meu  “MUITO OBRIGADA”.....!!!!!





terça-feira, 20 de novembro de 2012

Presépio da Luisinha....


A poucos dias do final do mês de Novembro, já começam a surgir "sinais" da época natalícia....!!!!

É sem dúvida um pouco cedo..., mas há já quem comece a fazer os preparativos para festejar essa quadra tão bonita.....!!!


Especialmente em tudo o que é "área comercial", são já bem visíveis os "apelos" ao consumo (de tudo e mais alguma coisa), o que afinal é próprio desta época....!!!!! 


Mas até presépios já foram construídos e já se encontram expostos, prontinhos a serem admirados pelo público em geral, mas sobretudo pelas crianças, pois normalmente são elas que dispensam uma maior atenção a este tipo de exposições....


E foi neste ambiente já um pouco "natalício", que hoje tive oportunidade de "visitar", em Torres Vedras, na Rua Serpa Pinto:

"O PRESÉPIO DA LUISINHA"

aliás, um grande presépio e em abono da verdade se diga.... MUITO BONITO.....!!!!




Vale a pena ir até lá.....!!!!